Alunas do CineMarias participaram de mais uma semana imersiva, agora com a assistente de direção e produtora executiva Liliana Mont Serrat

Por Sthefany Duhz
26/03/2021 17:19

Nota aos leitores: O CineMarias oferece abertamente todo conteúdo de sua plataforma por sua contribuição diária para a agenda 2030. 

Mais um curso concluído na lista de checks das nossas futuras cineastas! O olhar, a tela e a linguagem cinematográfica ministrado pela assistente de direção e produtora executiva, Liliana Mont Serrat, ocorreu de segunda (22) a sexta (26), das 13h às 19h. Participaram 30 jovens bolsistas, que puderam conhecer várias abordagens dentro da linguagem cinematográfica.

No curso, Liliana Mont Serrat lecionou sobre a introdução à linguagem cinematográfica, partindo da história do cinema até suas principais características estéticas. Também iniciou as jovens mulheres ao sistema de composição de quadro, investigando técnicas de iluminação, enquadramentos, tipos de plano, campo/extra campo, a narrativa dos planos e a linguagem visual como idioma do artista de cinema.

No primeiro dia do curso, uma das atividades propostas por Liliana às alunas foi fazer uma filmagem de no máximo 30 segundos sobre algum objeto de suas casas que remetesse à ideia de memória.

Para a aluna Kendo, foi um exercício de percepção de suas sensibilidades na construção da atividade fílmica. “Eu achei incrível os vídeos, eu achei que todas mulheres exploraram muito suas emoções, seus sentimentos, expressaram muito bem. E fazendo uma autocrítica, eu vi que eu preciso explorar muito ainda nesses meus sentimentos. De expressar mesmo (...), de ter dificuldade de expressar artisticamente, sabe? Estou buscando esse caminho e ainda não sei, por isso estou fazendo esse curso”, conta.

Para a professora, é um excelente exercício colocar as ideias e suas sensibilidades na arte através da produção audiovisual. “A gente tem que aproveitar esse curso para colocar na arte as nossas ideias, o que a gente está sentindo. Eu acho uma válvula de escape totalmente potente e ainda pode trazer frutos. Então mesmo que você tenha que fazer um vídeo triste, faça. É o que eu indico para quem está com vontade de chorar. (...) A arte traz imediatamente reflexões e sentimentos, a gente não pode ignorar isso e nem passar por cima”, comenta Liliana.


Crédito: Zanete Dadalto/CineMarias. Liliana Mont Serrat em gravações das aulas para o CineMarias.

Trabalhadora da cultura desde 2011 e formada em Direção pela Escola de Cinema Darcy Ribeiro, Liliana Mont Serrat fez assistência de direção em diversos filmes como Quinto Andar (2012 – 23 min) com direção de Ricardo Mansur; Paixão e Virtude (2013 – 72min) com direção de Ricardo Miranda e também assinou a direção de produção do longa-metragem Fernando (2017) dirigido e escrito por Paula Vilela junto com Igor Angel korte e Julia Ariani.

Nos anos de 2015 e 2016 ministrou diversos cursos dentro do Rio Criativo e da Incubadora cultural, dando aulas de Produção Executiva, Leis de Incentivo e consultorias em apoio a projetos culturais. Os cursos também circularam pelo interior do Rio e caravanas. Nossa professora é pura potência!

Olha só o que as participantes falaram sobre as aulas:

Arte: Elielton Oliveira/CineMarias.

A ideia do curso foi promover uma experiência criativa e profissional dividindo as alunas em equipes para a realização dos seus projetos, desempenhando funções específicas no planejamento e na execução, a partir de um roteiro pré construído no curso de Voz e introdução à criação de roteiro.

Para conclusão, as bolsistas apresentaram um plano de filmagem no qual elas trabalharam as necessidades descritas na decupagem dos roteiros e organizaram o plano para cada equipe.

Nas próximas semanas, as futuras cineastas ainda vão assistir aulas no curso de montagem e edição, e produzir na oficina de filmes-poesia.

O CineMarias é uma realização do Instituto Vida Nova (Movive) e Puri Produções, com produção da Lúdica Audiovisual e apoio do Centro Universitário Faesa e da Agenda Mulher. O projeto tem recursos da Lei Aldir Blanc, por meio da Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo (Secult-ES), direcionados pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo.