Assista ao vídeo que traz a nossa mensagem. Somos mulheres protagonistas e, juntas, vamos criar nossas próprias narrativas.


08/03/2021 10:22


Nota aos leitores: O CineMarias oferece abertamente todo conteúdo de sua plataforma por sua contribuição diária para a agenda 2030. 

A violência contra nós, mulheres, está em todos os lugares.

Na rua escura que temos medo de atravessar. No trabalho que nos pagam menos. No assédio de cada dia. No despreparo para compreender nossa pluralidade. Está dentro de casa.

Na mídia, ela é um reflexo de como nos tratam por ser mulher. Um objeto. Um corpo. Um número. Às vezes, um ponto fora da curva.

A violência contra mulheres é uma grande Medusa que a sociedade não quer olhar, são crimes e mortes diárias que nos congelam por dentro.

Mas veja bem, todos os dias perdemos uma de nós.

Feminicídio. O Brasil é o quinto país que mais mata mulheres no mundo.

Enquanto nós, mulheres, não contarmos nossas histórias, vamos continuar invisíveis.

Se a desigualdade entre homens e mulheres é uma construção social, queremos olhar para nossas próprias histórias e construir a mudança.

Na política, na cultura, na TV, na economia, na educação, em nossa própria família...

Somos o que quisermos, Marias! Mulheres protagonistas. Juntas vamos criar nossas próprias narrativas.






--
O CineMarias é uma realização do Instituto Vida Nova (Movive) e Puri Produções, com produção da Lúdica Audiovisual e apoio do Centro Universitário Faesa e da Agenda Mulher. O projeto tem recursos da Lei Aldir Blanc, por meio da Secretaria de Estado da Cultura do Espírito Santo (Secult-ES), direcionados pela Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo.