Notícias

Cinemarias adota os ODS em seu projeto

Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável visam aspectos de desenvolvimento social, proteção ambiental e crescimento econômico

Por Natalia Vicente
08/06/2021 16:14

Nota aos leitores: O CineMarias oferece abertamente todo conteúdo de sua plataforma por sua contribuição diária para a agenda 2030. 

Imagine um mundo onde a pobreza fosse erradicada, as pessoas não passassem fome, e, a vida saudável, o bem-estar, e a educação fossem assegurados para todos. Já pensou se o mundo tivesse mais equidade e todos pudessem ter acesso às mesmas oportunidades de forma justa? Além disso, como seria morar numa cidade mais sustentável, com energia acessível e limpa, saneamento básico e água potável? 


Parece até que estamos falando de um mundo utópico, mas a realidade é que mesmo sendo um direito de todos, essas condições não são acessíveis à maioria das pessoas. Em setembro de 2015, na Cúpula de Desenvolvimento Sustentável, chefes de Estado, de Governo e representantes da Organização das Nações Unidas (ONU), firmaram um pacto global, a Agenda 2030, que é composta de 17 objetivos e 169 metas intitulados de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS).


Os ODS foram criados justamente para que todos os 193 países membros da ONU atingissem, até 2030, a meta de desenvolvimento sustentável abrangendo diferentes aspectos de progresso social, proteção ambiental e crescimento econômico, gerando assim, diferentes oportunidades de um mundo melhor e mais justo para todos. 


O Cinemarias vai ao encontro com os ODS a partir do momento que tem como um dos propósitos incentivar a transformação social e econômica das mulheres que participam do projeto, além de poder abrir um espaço para o diálogo do público feminino. Com esses propósitos, o projeto deseja atender os seguintes objetivos da Agenda 2030: Desenvolvimento Sustentável; Educação de Qualidade; Igualdade de Gênero; Emprego Digno e Crescimento Econômico; Redução das Desigualdades; Paz, Justiça e Instituições Eficazes.


O projeto que conta com profissionais das mais diversas áreas, como jornalistas, assistentes sociais, fotógrafas, documentaristas, acredita muito na representação feminina e que ações positivas podem mudar a vida de pessoas que já passaram por diversas dificuldades na vida e que, às vezes, não têm as mesmas oportunidades que outras.


CONHEÇA MAIS SOBRE OS 17 ODS



  • 01 - Erradicação da pobreza: acabar com a pobreza em todas as suas formas, em todos os lugares.

  • 02 - Fome zero e agricultura sustentável: acabar com a fome, alcançar a segurança alimentar e melhoria da nutrição e promover a agricultura sustentável.

  • 03 - Saúde e bem-estar: assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades.

  • 04 - Educação de qualidade: assegurar a educação inclusiva, equitativa e de qualidade, e promover oportunidades de aprendizagem ao longo da vida para todos.

  • 05 - Igualdade de gênero: alcançar a igualdade de gênero e empoderar todas as mulheres e meninas.

  • 06 - Água limpa e saneamento: garantir disponibilidade e manejo sustentável da água e saneamento para todos.

  • 07 - Energia limpa e acessível: garantir acesso à energia barata, confiável, sustentável e renovável para todos.

  • 08 - Trabalho decente e crescimento econômico: promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo, e trabalho decente para todos.

  • 09 - Inovação infraestrutura: construir infraestrutura resiliente, promover a industrialização inclusiva e sustentável, e fomentar a inovação.

  • 10 - Redução das desigualdades: reduzir as desigualdades dentro dos países e entre eles.

  • 11 – Cidades, e comunidades sustentáveis: tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis.

  • 12 - Consumo e produção responsáveis: assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis.

  • 13 - Ação contra a mudança global do clima: tomar medidas urgentes para combater a mudança climática e seus impactos.

  • 14 - Vida na água: conservação e uso sustentável dos oceanos, dos mares, e dos recursos marinhos para o desenvolvimento sustentável.

  • 15 - Vida terrestre: proteger, recuperar e promover o uso sustentável dos ecossistemas terrestres, gerir de forma sustentável as florestas, combater a desertificação, deter e reverter a degradação da Terra e deter a perda da biodiversidade.

  • 16 - Paz, justiça, e instituições eficazes: promover sociedades pacíficas e inclusivas para o desenvolvimento sustentável, proporcionar o acesso à justiça para todos e construir instituições eficazes, responsáveis e inclusivas em todos os níveis.

  • 17 - Parcerias e meios de implementação: fortalecer os meios de implementação e revitalizar a parceria global para o desenvolvimento sustentável.





Este conteúdo foi produzido em parceria com o Centro Universitário Faesa, com a supervisão da professora do curso de Jornalismo Emília Manente.